Existem estudos que evidenciam a comorbidade entre o Transtorno Opositor e Desafiante (TOD) em crianças e adolescentes com Transtornos do Espectro do Autismo (TEA). Muitos jovens com autismo São opositores, desafiadores, relutam em seguir regras e normas e apresentam outras características do TOD que explico agora:

 

O Transtorno opositivo e desafiante (TOD) consiste de um padrão persistente de comportamentos negativistas, hostis e desafiadores na ausência de sérias violações de normas sociais ou direitos alheios.

⠀⠀⠀⠀⠀

No TOD as criança e adolescentes podem ser:

⠀⠀⠀⠀⠀

🔹 Desafiadoras

⠀⠀⠀⠀⠀

🔹 Não aceitam regras e limites

⠀⠀⠀⠀⠀

🔹 Opositoras

⠀⠀⠀⠀⠀

🔹 Rancorosas

⠀⠀⠀⠀⠀

🔹 Vingativas

⠀⠀⠀⠀⠀

🔹 Agressivas verbalmente

⠀⠀⠀⠀⠀

Frequentemente o TOD se inicia na idade pré escolar, podendo chegar à adolescência.

⠀⠀⠀⠀⠀

O TOD pode evoluir para Transtorno de Conduta, que é um distúrbio mais grave em que há violações das normas sociais.

⠀⠀⠀⠀⠀

O tratamento envolve:

⠀⠀⠀⠀⠀

🔹 Psicoeducação ⠀⠀⠀⠀⠀

🔹 Psicoterapia individual e familiar ⠀⠀⠀⠀⠀

🔹 Orientação de pais e professores

⠀⠀⠀⠀⠀

O tratamento medicamentoso é pouco eficaz e usado para tratar comorbidades como:

⠀⠀⠀⠀⠀

🔹 TDAH ⠀⠀⠀⠀⠀

🔹 Ansiedade ⠀⠀⠀⠀⠀

🔹 Depressão ⠀⠀⠀⠀⠀

Ou sintomas como agressividade e impulsividade

 

É um distúrbio que afeta de maneira importante a dinâmica familiar, está associado a diversas condições negativas como bullying, estresse familiar e parental.

Canal no YouTube

Olá, gostou dos nossos cursos, tem alguma dúvida ? Preencha o formulário e ligamos para você