A síndrome do membro fantasma é a sensação psíquica e fisiológica da presença de um determinado órgão ou membro do corpo que foi amputado.

 

Após a amputação a sensação de ainda ter o membro é muito real, trazendo assim os sintomas da dor “fantasma”, como dormência, queimação, câimbras, pontadas e ilusão dos movimentos de tal membro.

 

A dor fantasma caracteriza-se por essa sensação dolorosa no membro amputado, ou seja, como se ele ainda estivesse lá, e isso ocorre devido a uma “hiperatividade” dos neurônios no sistema nervoso central, como tentativa de receber informações daquele membro que não existe mais.

 

É importante ressaltar que a dor fantasma não é de origem psicológica, e sim neurofisiológica, entretanto é comum que indivíduos que foram submetidos à amputação entrem em um processo de luto, sendo de extrema importância o acompanhamento terapêutico psicológico para evitar o desenvolvimento de transtornos psicopatológicos.

 

membro fantasma

Olá, gostou dos nossos cursos, tem alguma dúvida ? Preencha o formulário e ligamos para você