O assunto transtorno da personalidade NARCISISTA – TPN, nesse transtorno, observa-se um padrão de comportamento em vários contextos e ao longo da vida no qual predominam a necessidade de admirado, a grandiosidade (em fantasias ou na vida real) e a falta de empatia.

 

Como pessoas com transtorno de personalidade narcisista têm dificuldades para regular a autoestima, eles precisam de louvação e afiliações com pessoas ou instituições especiais; eles também tendem a desvalorizar outras pessoas para que possam manter uma sensação de superioridade. Estima-se que as pessoas com TPN, muitas vezes também têm transtorno depressivo (p. ex., transtorno depressivo maior, transtorno depressivo persistente), anorexia nervosa, transtorno por uso abusivo de substâncias (especialmente cocaína) ou outro transtorno de personalidade (histriônico, borderline, paranoico).

 

Algumas teorias postulam que os cuidadores podem não ter tratado a criança de forma adequada—por exemplo, sendo excessivamente críticos ou elogiando, admirando ou favorecendo excessivamente a criança.

 

Pessoas com transtorno de personalidade narcisista superestimam suas habilidades e exageram suas realizações. Eles acham que são superiores, originais ou especiais. Essa superestimação de seu próprio valor e realizações muitas vezes implica uma subestimação do valor e das realizações dos outros.

 

Esses pacientes estão preocupados com fantasias de grandes realizações—de serem admirados por sua inteligência ou beleza avassaladora, de ter prestígio e influência ou de experimentar um grande amor. Eles sentem que devem se relacionar apenas com outros tão especiais e talentosos quanto eles mesmos, não com pessoas comuns. Esse relacionamento com pessoas extraordinárias é usado para suportar e melhorar sua autoestima.

 

Como os pacientes com transtorno narcisista precisam ser admirados, sua autoestima depende da consideração positiva dos outros e é, portanto, geralmente muito frágil. As pessoas com esse transtorno frequentemente observam para ver o que os outros pensam deles e avaliar o quão bem eles estão fazendo. Eles são sensíveis e se chateiam com as críticas dos outros e pelo fracasso, o que faz com que se sintam humilhados e derrotados. Eles podem responder com raiva ou desprezo, ou podem contra-atacar violentamente. Ou eles podem se afastar ou aceitar externamente a situação em um esforço para proteger sua sensação de autoimportância (grandiosidade). Eles podem evitar situações em que podem falhar.

 

O transtorno de personalidade narcisista causa problemas em muitas áreas da vida, como relacionamentos, trabalho, escola ou assuntos financeiros. Pessoas narcisistas podem ser geralmente infelizes e desapontadas quando não recebem favores especiais ou admiração que acreditam que merecem. Eles podem achar seus relacionamentos insatisfatórios, e outros podem não gostar de estar perto deles.

 

 

CARACTERÍSTICAS DIAGNÓSTICAS DE TP NARCISISTA:

 

A) a pessoa apresenta senso grandioso (e irreal) da própria importância, julga ter talentos especiais e espera ser reconhecido como superior sem que tenha feito algo concreto para isso.

B) é muito voltado para fantasias de grande sucesso pessoal, de poder, brilho, beleza ou de um amor ideal.

C) acha-se excepcionalmente “especial” e “único”, acreditando que só pessoas ou instituições também excepcionalmente especiais ou únicas podem estar a sua altura.

D) requer admiração excessiva.

E) apresenta expectativas irracionais de tratamento especial, sentimentos de ter “direitos”, ou de que as pessoas estejam de acordo com suas expectativas.

F) tende a ser “explorador” nas relações interpessoais, buscando vantagens sobre os outros para atingir seu fim ou sucesso pessoal.

G) sem empatia pelos outros, reluta em reconhecer os sentimentos e as necessidades das pessoas ou em se identificar com elas em tais sentimentos e necessidades.

H) frequentemente invejoso dos outros ou do sucesso alheio; acha sempre que os outros têm inveja dele.

I) é frequentemente arrogante nos seus comportamentos e atitudes.

J) Insistir em ter o melhor de tudo – por exemplo, o melhor carro ou escritório.

K)Monopolizar as conversas e menosprezar as pessoas que elas percebem como inferiores.

 

 

Não existe uma única causa definida de transtorno de personalidade narcisista. Muitos pesquisadores concordam que causas genéticas e ambientais estão em jogo. Indivíduos com transtorno de personalidade narcisista submetidos a pesquisas apresentaram menor volume de massa cinzenta na ínsula esquerda anterior, a parte do cérebro relacionada à empatia, regulação emocional, compaixão e funcionamento cognitivo.

 

Muitos dos traços do distúrbio da personalidade narcisista ocorrem durante os estágios normais de desenvolvimento. Os cientistas acreditam que o início completo do distúrbio de personalidade narcisista pode ocorrer quando o desenvolvimento interpessoal durante essas fases é conflitante. Exemplos de tipos de ambientes interpessoais negativos ou destrutivos que interagem com as fases do desenvolvimento incluem:

 

1) Nascer com um temperamento supersensível;

2) Aprender comportamento manipulativo de pais ou colegas;

3) Ser excessivamente elogiado por bons comportamentos e excessivamente criticado por maus comportamentos;

4) Sofrer abuso grave na infância;

5) Receber cuidados parentais inconsistentes – cuidados não confiáveis ou imprevisíveis;

6) Ser exagerado por pais, colegas ou familiares;

7) Ser excessivamente admirado sem feedback realista para equilibrar o indivíduo com a realidade;

8) Receber elogios excessivos dos pais ou de outras pessoas por sua aparência ou habilidades.

 

 

 

livro HIPNOSE NO TRATAMENTO DO CÂNCER

Olá, gostou dos nossos cursos, tem alguma dúvida ? Preencha o formulário e ligamos para você