O assunto transtorno da personalidade PARANOIDE – TPP, é uma estrutura de personalidade em pessoas na qual domina um padrão de desconfiança difusa das outras pessoas; elas sentem a suspeita de que os outros estão sempre contra elas ou têm motivações negativas, destrutivas, invejosas em relação a sua pessoa. Geralmente, este transtorno surge no início da idade adulta, podendo ser causado por fatores hereditários e vivências da infância.

 

Comorbidades são comuns em TPP que raramente é o único diagnóstico. As comorbidades comuns são os transtornos do pensamento (p. ex., esquizofrenia), transtornos da ansiedade (p. ex., fobia social [transtorno da ansiedade social]), transtorno de estresse pós-traumático, alcoolismo, e outros transtornos da personalidade (p. ex., limítrofe).

 

Muitas vezes, essas pessoas acham que os outros os prejudicaram de modo significativo e irreversível. Eles são hipervigilantes quanto a potenciais insultos, ofensas, ameaças e deslealdade e procuram significados ocultos em observações e ações. Eles examinam atentamente nos outras evidências para dar suporte às suas suspeitas. Por exemplo, eles podem interpretar mal uma oferta de ajuda como uma implicação de que eles são incapazes de fazer a tarefa por conta própria. Se eles acham que foram insultados ou prejudicados de alguma forma, eles não perdoam a pessoa que os prejudicou. Eles tendem a contra-atacar ou ficam irritados em resposta a essas ofensas percebidas. Como eles desconfiam dos outros, eles sentem uma necessidade de serem autônomos e estar no controle.

 

Esses pacientes hesitam em confiar ou desenvolver relacionamentos íntimos com os outros porque temem que as informações possam ser usadas contra eles. Eles duvidam da lealdade de amigos e da fidelidade de cônjuges ou parceiros. Eles podem ser extremamente ciumentos e podem questionar constantemente as atividades e os motivos de seus cônjuges ou parceiros em um esforço para justificar seu ciúme.

 

Assim, pode ser difícil conviver com pacientes que têm transtorno de personalidade paranoide. Quando os outros respondem negativamente a eles, eles tomam essas respostas como confirmação de suas suspeitas iniciais.

 

Os psicopatologistas geralmente pode distinguir transtorno de personalidade paranoide de outros transtornos de personalidade pela abrangência da sua paranoia em relação aos outros (p. ex., ao contrário da paranoia mais transitória da personalidade borderline) e pela característica fundamental de cada transtorno, razão pela qual se faz necessário sempre refazer à avaliação em outro momento e circunstâncias para evitar equívocos.

 

PARA O DIAGNÓSTICO, É NECESSÁRIO QUE O PERFIL DE PERSONALIDADE SE REVELE POR MEIO DE CINCO OU MAIS DAS SEGUINTES CARACTERÍSTICAS:

 

1) suspeitas recorrentes, sem base na realidade, sem evidências concretas sobre fatos e pessoas, de estar sendo enganado, maltratado ou explorado pelos outros.

2) a pessoa se preocupa sem justificativas ou embasamento real e tem dúvidas sobre a lealdade ou confiabilidade de amigos e sócios.

3) porque pensa ou conclui que as informações serão usadas negativamente contra si, reluta em confiar nas outras pessoas e tem medo infundado da ação delas.

4) Tende a perceber significados ocultos humilhantes ou ameaçadores em comentários ou acontecimentos benignos ou indiferentes.

5) guarda rancor de forma persistente (p. ex., não perdoa desprezo, insultos ou injúrias).

6) tende a perceber ataques a sua reputação ou a seu caráter que não são percebidos pelos outros, reage com raiva e contra-ataca rapidamente.

7) tem suspeitas recorrentes, sem justificativas, com respeito à fidelidade do cônjuge ou parceiro sexual.

 

 

 

livro HIPNOSE NO TRATAMENTO DO CÂNCER

Olá, gostou dos nossos cursos, tem alguma dúvida ? Preencha o formulário e ligamos para você