PRINCIPAIS CARACTÉRISTICAS do Transtorno de personalidade borderline

Esse texto está longe de abordar tudo sobre o assunto, mas trará um pouco de compreensão.

 

Principais características:

  1. Precisam estar vinculados emocionalmente a alguém de forma intensa;
  2. Suas relações são regidas pela paixão: para eles, nada é supérfluo, e seguem a lei do “tudo ou nada”;
  3. No terreno emocional entregam-se inteiros de forma ativa e esperam ser correspondidos do mesmo modo;
  4. São pessoas espontâneas às quais nada amedronta; buscadores de risco e possuidores de um significado diferente da diversão, concebida como sem limites;
  5. Uma das principais características é sua tremenda atividade e criatividade, assim como sua capacidade de indução sobre os demais, devido à sua grande iniciativa;
  6. Sua grande curiosidade os torna possuidores de uma inquietude pelo desconhecido que os leva a se envolver no conhecimento de novas culturas e filosofias de vida;
  7. As relações prolongadas podem se tornar difíceis com um bordeline, pois, como entregam sua alma, julgam-se mercedores de tal oferanda para si por parte dos outros;
  8. Experimentam emoções qual um vulcão em erupção e são capazes de passar do pranto ao riso por motivos que para o resto dos estilos de personalidades seriam supérfluos;
  9. Impulsividade em pelo menos duas áreas, que pode ser potencialmente perigosa para o sujeito. EXEMPLOS: gastos, sexo, direção perigosa, abuso de substância psicoativas, ataques de gula, etc.;
  10. Ira inapropriada e intensa ou dificuldades para controla-la;
  11. Instabilidade afetiva devido a uma grande reatividade do estado de humor(aqui muitos confundem com o bipolar);
  12. Ideias paranoides transitórias relacionadas com o estresse ou sintomas dissociativos graves;
  13. Esforços frenéticos para evitar um abandono real ou imaginário;
  14. Ameaças, gestos ou comportamentos suicidas recorrentes ou comportamentos de automutilação;
  15. Sentimento crônicos de vazio, não suportam estar sozinhos;
  16. Padrões de aparência mutante e vacilante;
  17. Provocam brigas e conflitos com frequência;
  18. São bastantes imprevisíveis pelos níveis mais elevados de inconsistência e irregularidade do humor;
  19. Excessivamente dependentes dos outros;
  20. Adaptação social em nível superficial;
  21. Predisposição a dar passeios solitários para “refletir”;
  22. Frequentes chantagens emocionais e atos de irresponsabilidade(gastos, jogo patológico, direção perigosa, abuso de substância psicoativas, ataques de gula, etc.);
  23. Falta de propósitos para estabilizar suas atitudes ou emoções;
  24. Incapacidade para manter estáveis seus processos de pensamentos;
  25. Dificuldades para aprender com as experiências passadas;
  26. Valores, escolha de carreira e objetivos em longo prazo instáveis;
  27. Temor excessivo de ser desprezado;
  28. Baixa tolerância a frustração, com demasia em agredir o frustrador;
  29. Podem ter episódios micro psicóticos quando estão em situações de grande estresse;
  30. Quando perdem o controle, mostram agitação e excitação física;
  31. Seu estado de humor não concorda com a realidade;

Aqui sito que com a minha especialidade em HIPNOSE CLÍNICA, utilizando o estado hipnótico vou auxiliando a romper esses padrões emocionais e comportamentais, ressignificando os gatilhos inconscientes, para uma nova elaboração psíquica.

 

Referência: Manual de Transtorno da Personalidade – Autor Vicente E. Carvalho – Editora Santos

 

cerebro.01

Canal no YouTube

Olá, gostou dos nossos cursos, tem alguma dúvida ? Preencha o formulário e ligamos para você